Amor à primeira vista ainda existe?

A verdade é que leva tempo para escrever uma história verdadeira, cheia de momentos incríveis, inesquecíveis, embaraçosos…
 
Às vezes a gente tem essa sensação de solitude porque infelizmente estamos de fato sozinhos. Rodeados por alguma gente ou com milhões de likes na redes sociais, ninguém mais vive cada instante como se fosse o último. Sei lá, não posso ser o último…
 
Mesmo em suas casas, as pessoas preferem os telefones ou computadores pois ali encontram tudo e os algoritmos lhes dão a falsa sensação de que todos concordam com suas respectivas opiniões..
Ainda sou da velha geração que vivia off line. Adoro a internet e o que ela proporciona mas é verdade que ninguém mais divide momentos.
Hoje não se pode nem mais tentar paquerar ou dizer que aquela mulher é linda olhando em seus olhos. Você provavelmente será julgado como um tarado, maníaco sexual etc et tal.
Se quiser um encontro, conhecer gente, bem, o Tinder está com uma promoção fantástica: “likes ilimitados por apenas 12,99 por mês…”
Que vergonha dessa época! Mas diria Chico: “Apesar de você, amanhã há de ser outro dia.”
Pensei que o amor à primeira vista estava realmente fora de moda.
Ainda mais quando a gente tenta ser adulto, pois quando crescemos devemos trabalhar para poder comer, morar, viver… Tentando ser sério pois adulto que se preze não é inocente, não ama de verdade e tem seu ego maior que ele mesmo, a gente se deixa levar muitas vezes por discursos que não nos pertencem.
Não sou esse cara grande, adulto. Ainda não sei de fato o que sou. Apenas estou em um ponto de um caminho que nem  sei mais se é de fato o certo. Apenas estou…
Insisto com toda a minha força, alma e sentimento que o melhor do mundo ainda é o ser humano. Luto, luto, luto e quanto mais luto mais me sinto sozinho numa batalha que parece perdida mas que teimo, insisto em não abandonar.
E de repente hoje estava na aula e ela entrou: linda, sorridente e com um humor que adoro. Parecia que o cupido tinha me lançado uma flecha, tão sem reação fiquei. Acho que se uma foto fosse tirada de mim naquele momento, dois coraçõezinhos estariam nos meus olhos, exatamente como nos desenhos animados.
Falamos, brincamos, trocamos contato.
Ela me convidou para fazer outra aula. Dentro de mim estava gritando “SIM! SIM! SIM! Com você vou até Plutão e volto, só pra poder te admirar.” Mas me limitei a dizer que tinha um treino no circo, (total verdade), e que cada um tinha suas prioridades. Na volta pra casa briguei comigo: “Como você é burro! Que resposta horrível!”
Agora, diante do computador, com ela na cabeça….
Mandei uma mensagem. Disse que a curti.  Ela aceitou minha solicitação de amizade mas não respondeu… Será que ela viu? Será que minha mensagem não foi pra caixa de spam? Será que peguei pesado em dizer que tinha curtido conhecê-la?
Olhe que legal: estou me sentindo um aluno na época em que estava no colégio. Provavelmente essa história não dará em nada pois tenho objetivos quase impossíveis a serem realizados e conquistados que não tenho mais tempo pra minha vida pessoal.
Mas do quê é que estou falando? Ela nem respondeu minha mensagem! Porque estou me embalando tanto? Carência? Falta de atenção ou simplesmente posso me permitir amar à primeira vista?
Como uma criança não controlei, pensei ou planejei… Apenas vivi mais uma vez intensamente aquele segundo como se fosse o último. Como quando estava na escola, minha vontade era de escrever um bilhetinho, com um sonho de valsa enrolado na cartinha, pedindo para que ela fosse minha namorada. Ela diria sim e então ganharia o privilégio de poder andar de mãos dadas com ela onde quer que fôssemos.
O amor é tão lindo que pode até parecer bobo. E realmente é bobo exprimir o sentimento por alguém que a gente nem conhece. Na boa, adoro ser bobo. Me deixem ser bobo para sempre e que seja infinito enquanto dure.

Enquanto escrevia, o Chico me inspirava:


Sim! Acabou! Até a próxima.

Compartilhe conosco sua opiniao

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s