1. O espetaculo

Então você pensa que esta em crise: tudo que faz é uma porcaria. é um artista “meia-boca”. como Palhaço é o mais sem graça do mundo!”

Sucesso absoluto!!! (Segundo minha mãe)
Primeiro flyer de divulgaçao do "CIRCO DE UM HOMEM SO" ainda no RJ

Por que chegamos a esse ponto? Estou falando como artista.

Quem nunca pensou, (mesmo estando num bom momento), que não passa de um nada? Você busca soluções para tentar corrigir um erro que nem sabe se existe.

Para um Palhaço, o maior reconhecimento que pode existir é o riso. é ali que passamos nossa “mensagem”. é ali que abrimos portas. é ali que convidamos as pessoas a entrarem em nosso mundo: “O Fantastico mundo idiota do Palhaço!”

Ficar um tempo perdido não é ruim. 

Ficar um tempo sem respostas não é ruim.

Acostumar-se a isso, é péssimo.

Criei o “CIRCO DE UM HOMEM SO” no Rio de Janeiro. Saia para as ruas, no começo sem nada: sem som, sem microfone, sem tapete, sem estrutura de equilibrio… Sem nada mesmo.

Meu numero era subir nos postes de luz da praia de Copacabana. Comecei a ficar conhecido e querer mais. Querer poder dar mais ao publico. Um segredo aos artistas iniciantes: no começo, se doe por completo. Seja 257% de energia com e para o publico. Depois, bem depois, você aprendera a dosar isso.

Querer poder dar mais, para mim significa trabalhar sempre com a excelência e perfeição. Não aprecio o “mais ou menos”. Mas, as vezes, precisamos estar no “mais ou menos” para entender nosso objetivo enquanto seres humanos e artistas.

Um espetaculo é como uma criança: ele nasce e no começo depende de você para tudo: para  aprender a falar, caminhar, “comer”… So que ele (o espetaculo) tem vida propria, e cresce. Cabe ao artista-criador estar com os ouvidos bem abertos para escutar o que ele tem a dizer. O tempo todo!

No começo tudo é medo e apreensão. Depois descobertas e ansiedade. Ai vem o conforto, afinal você ja sabe onde esta pisando. Por fim (a parte mais dificil), recriar a mesma emoçao sentida do começo dia apos dia. As vezes ano apos ano. Essa é uma das tarefas mais dificieis para um artista.

Estar atento pode te dar coisas maravilhosas. Lembre-se: aprendemos no processo de criação. Não importa o resultado, importa o caminho que levei para chegar até la.

Fiz mais de mil espetaculos com o titulo “THE ONE MAN CIRCUS”. Talvez a mesma quantidade com o titulo “O CIRCO DE UM HOMEM SO”. Em ambos, o objetivo era o mesmo: buscar a excelência a fazer as pessoas sairem de suas vidas para entrar no “Fantastico mundo idiota do Palhaço MILHO BAUNILHA” mesmo que por alguns segundos.

Consegui com sucesso muitas vezes. Fracassei outras “muitas”. O que posso dizer até aqui? Estou apenas começando a entender como funciona a rua. Ela é cruel. Ela é magnifica. Ela é triste. Ela é alegre.

Ja diria Caetano Martins: “não existe publico ruim. Existem atores que não chegam la”.

Na minha simples forma de olhar o mundo, com “meu nariz vermelho que nunca sai do rosto”, entendo que nunca é tarde para mudar. Que um espetaculo, por mais perfeito que esteja para os outros, vale a pena ser repensado. Para agradar ainda mais o publico. Ele merece. Afinal, não seriamos nada se o Publico não estivesse conosco.

Estou mudando o espetaculo porque desejo muito alcançar, mais uma vez, uma melhora depois dessa tempestade de auto-criticas que so me fizeram bem.

Espero que, se você estiver passando pelo mesmo momento que eu, lembre-se: você não esta sozinho nessa. Estamos juntos. E acredite: vai passar. Continue a trabalhar, esse é o segredo para nunca estagnar-se. Se jogue. Acredite.

Se você ja passou por esse momento, então, acredite: uma hora ele vai voltar. Esteja preparado para trabalhar a cabeça. As vezes você ira chorar. No final entendera que foi otimo. Simplesmente otimo.

Artista sem crise é estagnado. 

Artista com excesso de crise, é exagerado.

Artista que não sabe o que é crise, é alienado.

Artista que quer ter uma crise, é enjoado.

correção ortografica: Wany Martinho

atenção: meu teclado é francês e por isso não é possivel acentuar algumas palavras. Por isso, a correçao da professora se da nos casos de concordância.

“Texto corrigido com amor e respeito ao Palhaço Milho Baunilha!!!”

(Wany Martinho)

Compartilhe conosco sua opiniao

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s